Aumente a fonte para leitura: A A A A
Aumente a fonte para leitura

Presidente do MDB diz que partido não compactua com ataques do prefeito de Catalão a delegados

Ainda como reação aos ataques desferidos pelo prefeito de Catalão, Adib Elias, contra Delegados de Polícia daquela cidade e região, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol) enviou ofício na última sexta-feira (02/03) ao deputado federal Daniel Vilela, presidente do MDB em Goiás, partido ao qual Adib está filiado.

“Durante reunião para entrega de computadores em repartição pública municipal, o prefeito profere palavras de baixo calão aos Delegados de Polícia daquela regional, e ainda reverbera que os mesmos ‘serão colocados no lugar deles’ em janeiro, dando entender possíveis transferências destes após a eleição para o governo do Estado”, diz trecho do documento, citando o momento em que, além de colocar o trabalho da Polícia Civil em xeque, Adib lança mão de declarações difamatórias para tentar intimidar o titular da 9ª Delegacia Regional de Aparecida, Jean Carlos Arruda.

O final do ofício de número 018/2018, assinado pela presidente do Sindepol, Silvana Nunes, diz: “Razão pela qual, considerando que citado prefeito é filiado ao MDB, solicitamos uma manifestação formal do diretório regional do partido”.

A resposta da legenda, assinada pelo deputado Daniel Vilela, chegou ao conhecimento do Sindicato no mesmo dia. Confira, na íntegra:

Goiânia, 02 de março de 2018

Em resposta à solicitação do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol-GO), por meio do ofício 018/2018, que trata das declarações do prefeito de Catalão, Adib Elias, sobre servidores da Polícia Civil, a direção do MDB goiano esclarece que:

A posição do prefeito Adib Elias, gravada em vídeo, trata-se de manifestação individual e sem nenhuma participação deste diretório estadual ou endosso partidário. O MDB não compactua com qualquer ação que represente intervenção política no trabalho da Polícia Civil. Pelo contrário. Defendemos a valorização de delegados, agentes e demais servidores, com a devida autonomia funcional, para que a instituição desempenhe com excelência e isenção suas importantes atribuições.

Acreditamos, contudo, que as declarações do prefeito de Catalão foram emitidas em um contexto de comoção pessoal e que no momento adequado ele prestará os devidos esclarecimentos.

Cordialmente,

Daniel Vilela
Presidente do MDB de Goiás