Polícia Civil de Inhumas indicia 24 pessoas por crimes eleitorais


justicaeleitoralA Polícia Civil de Inhumas concluiu quatro inquéritos que culminaram no indiciamento de 24 pessoas por crimes eleitorais, dentre eles, corrupção eleitoral e falsidade ideológica para fins eleitorais, conhecido como “Caixa 2”.

Dentre os indiciados estão cinco vereadores eleitos: Bruno de Paula Vaz, Marcelo Lopes Vila Verde, Gleiton Luiz Roque (vulgo “Tomate”), Vinícius de Paula Silveira (“Cebola”) e Virani Vila Verde Álvares.

Os eleitores receberam dos candidatos requisições de gasolina, cadeira de rodas, cimento, consultas médicas, transporte, cimento e até sorvete para reeducando e seus familiares em troca do votos.

Foram enviadas cópias dos inquéritos para a justiça eleitoral, visto a existência de caixa dois nas prestações de contas. Até mesmo um beneficiário do Bolsa Família consta como doador das campanhas.

As investigações duraram dois meses e contaram com o apoio efetivo do Ministério Público Estadual (MPE), por meio da promotora Solia Maria de Castro Lobo.
Fonte: Site da Polícia Civil do Estado de Goiás