Polícia Civil comprova falsificação de assinaturas e fraude na aprovação Nexus Shopping


Polícia Civil, por meio da Delegacia do Meio Ambiente (DEMA) vai indiciar as empresas envolvidas com a construção do Nexus Shopping & Business por crime contra a administração ambiental. Uma delas é a envolvida na pesquisa de opinião do Estudo de Impacto de Vizinhana (EIV), além das empresas Construtora Milão, Consciente JFG Incorporações, Consciente Construtora e JFG Construções.

Segundo laudo realizado pelo Instituto de Criminalística, 37 assinaturas podem ter sido feitas por uma mesma pessoa. A delegada responsável pelo inquérito, Lara Melo Oliveira, destaca que a pessoa responsável pela pesquisa tenha falsificado as assinaturas. A perícia também sinaliza que uma mesma pessoa pode ter preenchido os 37 formulários. Para a delegada, mesmo que não tenha sido uma só pessoa, o estudo já está maculado.

Agentes da DEMA foram a campo com 32 formulários escolhidos aleatoriamente e descobriram que apenas duas pessoas confirmaram a entrevista e a assinatura. O inquérito irá nesta terça-feira (17) para a justiça.

 

 

sind_nexus