NOTA DE REPÚDIO AO CANCELAMENTO DO REPASSE DAS CONTRIBUIÇÕES FACULTATIVAS DOS SERVIDORES EM FAVOR DOS SINDICATOS E ASSOCIAÇÕES


logoforumO FÓRUM EM DEFESA DOS SERVIDORES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE GOIÁS, através das entidades abaixo relacionadas, manifesta seu total repúdio a decisão do Governo Estadual de cancelar o repasse das contribuições associativas e sindicais. O comunicado enviado no dia 11 de janeiro foi assinado pelo Secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita.

As referidas contribuições são voluntariamente destinadas pelos servidores aos sindicatos e associações para auxiliar na manutenção das entidades que lhes representam junto ao Governo, a Justiça e onde mais for necessário. Com a decisão, o Governador Marconi Perillo asfixia financeiramente as entidades e ataca a autonomia dos sindicatos que são instâncias constitucionalmente incumbidas da busca por melhorias no local de trabalho, pelo oferecimento de benefícios, a expansão e manutenção de direitos dos trabalhadores.

No último ano o Governador foi incansável no ataque aos servidores públicos. Em março o Presidente do Sindipúblico, Thiago Vilar, foi demitido após processo administrativo que o acusou injustamente de abandono de cargo. Já o Sintego – Sindicato do Trabalhadores na Educação ficou um ano sem receber a contribuição mensal de seus associados após discordar publicamente do Governador; ao ter garantido pela justiça o direito de receber a contribuição de seus associados, deparou-se com a modificação na legislação que desarrazoadamente proíbe o Sintego, e todas outras entidades representativas de fazê-lo.

Eleitos como bode expiatório, os servidores públicos viram-se atacados de forma massiva em seus direitos e garantias. Agora,veem um movimento para fragilizar as entidades representativas que são a última trincheira de resistência em defesa desses direitos.

Os sindicatos e associações esperam que o espirito democrático não tenha abandonado por completo o Governador, que outrora fora considerado um parceiro dos servidores públicos que o carregou nos braços em seus primeiros mandatos. Coincidentemente, nesses tempos, o Governador era referência como governante moderno, dinâmico e empreendedor, em todo opaís.

Goiânia, 16 de janeiro de 2017.

SINTEGO; SINDSAÚDE; SINDIPÚBLICO; SINDAGRI; UNIMIL; SINDGESTOR; APPEGO; SINPOL-GO; SINDEPOL; ASERGO; ACS; AGAPA; ASSEGO; UGOPOCI; APPB; APBM.GO