GIH de Aparecida de Goiânia prende assassino de jovem em motel


O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, sob coordenação do DELEGADO ROGÉRIO BICALHO, prendeu na última segunda feira (30) Gabriel Rodrigues Candini, de 19 anos, autor do homicídio praticado contra Jorge Luiz Brito Coimbra, de 25 anos, no último domingo (29), em um anexo do motel Ilha de Capri,  próximo à BR-153, saída para São Paulo.

No local ocorria uma festa de aniversário com cerca de 30 pessoas. Gabriel estava na companhia de dois irmãos, um amigo e a namorada. Em interrogatório, admitiu o crime e disse que a confusão teria começado quando Jorge Luiz “mexeu” com namorada do irmão e depois com a própria namorada de Gabriel. Ao questionarem a vítima, ela teria ameaçado e debochado deles. Gabriel estava armado com um revólver calibre 38 e desferiu cinco disparos em Jorge.

Arthur Rodrigues, de 21 anos, irmão de Gabriel, foi ouvido e confirmou que a vítima teria mexido com sua namorada e de seu irmão. Ele também foi preso, pois estava foragido por roubo.

Segundo as investigações, tanto a vítima quanto o autor do crime tinham usado bebidas alcoólicas e ecstasy. À imprensa, Gabriel confirmou que estava drogado e que teria fumado maconha. Disse que era conhecido de Jorge e que ele o teria provocado.

Gabriel tinha passagem, quando menor, por roubo de veículo. Já a vítima tinha passagens por tráfico de drogas, porte ilegal de armas, adulteração de sinal identificador de veículos, roubo e tentativa de roubo.

* Com informações da Coordenação de Comunicação da Polícia Civil e do Portal Dia Online.