Aumente a fonte para leitura: A A A A
Aumente a fonte para leitura

Entidades entregam proposta de reestruturação das carreiras da Polícia Civil ao secretário de Segurança Pública

 

Na manhã de ontem, 22 de janeiro, os presidentes das entidades representantes de todas as categorias que integram a Polícia Civil do Estado de GO apresentaram ao secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, e à Direção da Polícia Civil o projeto de reestruturação das carreiras da Polícia Civil.

A minuta do projeto de reestruturação foi construída pelos representantes do SINDEPOL, ADPEGO, APPEGO, SINPOL e UGOPOCI, entidades que compõem a comissão instituída pelo secretário de segurança pública no ano passado. O projeto busca dar uniformidade de nomenclatura às classes a à
todas as carreiras da PCGO e corrige distorções históricas do quadro. A presidente do SINDEPOL, Silvana Nunes, apresentou o projeto, juntamente com os demais representantes. Balestreri se comprometeu a encaminhar a minuta ao governador e às pastas responsáveis, como Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) e Casa Civil.

O projeto será apresentado no tempo devido, aos Delegados filiados em assembleia da categoria, que ocorrerá após o carnaval.

A presidente do SINDEPOL, Silvana Nunes, informou que a intenção das entidades é dar identidade lógica de ascensão de classe às carreiras, de forma a unificar nomenclatura de classes a todos os cargos, equilibrar a distribuição de vagas nas classes e distorcer equívocos legais atualmente existentes de distribuição de classes . “Queremos organizar a casa” e implantar uma organização nas carreiras de forma técnica e de gestão moderna.

No final Balestreri ponderou, “Vocês fizeram um trabalho excelente, pautado no trabalho científico. “Gostei muito e vocês podem contar com meu apoio absoluto e integral”, garantiu. O delegado-geral Álvaro Cássio pontuou que essa foi a primeira vez que foi apresentado um projeto convergente que reuniu todas as entidades representativas dos servidores. “Temos de permanecer unidos”.

A presidente do Sindepol, Silvana Nunes, que apresentou os tópicos da proposta, lembrou que a população do Estado cresceu cerca de 70% desde 1990, mas o quadro de servidores da Polícia Civil permanece praticamente engessado, inalterado neste período.

Fotos: