DIH – Preso autor de duplo homicídio na Casa da Acolhida

As investigações foram coordenadas pela DELEGADA MAGDA D´AVILA


A DELEGACIA ESTADUAL DE INVESTIGAÇÃO DE HOMICÍDIOS (DIH) cumpriu, nesta sexta-feira (10), mandado de prisão temporária contra Renato César Freire Neri. Ele é suspeito de cometer o duplo homicídio ocorrido na Casa da Acolhida Cidadã, na madrugada do dia 4 de maio deste ano, em Goiânia.

Foram mortas as vítimas João Batista Soares Brito e Mohamed Alie Jahhoh, este de nacionalidade africana. As investigações apontam que o autor matou para roubar o africano, o qual portava euros, e que João Batista pediu para que o autor não o fizesse, momento em que foi sufocado pelo investigado.

A DELEGADA MAGDA D´AVILA repassou as informações à imprensa em entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira. Ao ser interrogado na delegacia, Renato César confessou o crime. Em vídeos gravados dentro da DIH, ele dá detalhes de como matou João Batista e Mohamed. “Eu não peguei pertences, não peguei nada de ninguém… o João Batista veio, começou a me xingar, porque ele era ignorante e eu peguei e já matei logo ele enforcado”, conta Renato aos policiais.

Ainda no vídeo, Renato fala que no momento que matou João Batista enforcado, Mohamed também estava no quarto com os dois e presenciou tudo. “O africano estava no quarto e viu tudo, então eu peguei uma faca e também matei ele”, explicou o suspeito.