DIH prende assassino de moradores de rua


A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) cumpriu mandado de prisão em desfavor de Paulo Enriki Pantoja dos Passos e de Fernando de Almeida da Silva. Ambos foram autores do homicídio de Lucimauro Felipe da Silva, o “Chapolim”, ocorrido em 5 de maio, no Ginásio de Campinas. A vítima era moradora de rua e foi surpreendida pelos autores dentro de sua barraca, enquanto dormia, recebendo várias facadas.

O preso Paulo Enriki também foi um dos autores do homicídio de outro morador de rua, Klebson Charles de Sousa Sobrinho, o “Neguinho Banguela”, que também estava no Ginásio de Campinas, em 13 de fevereiro deste ano. Enriki, junto com seu irmão menor de idade, outro menor e o maior Keven Carvalho de Sousa Santos (que foi vítima de homicídio dias depois), mataram a vítima com requintes de crueldade, utilizando facas, facão e pedra.

Importante destacar que Paulo Enriki e seu irmão menor ainda são investigados em outros dois homicídios, também ocorridos no Ginásio de Campinas esse ano. Com a prisão dos suspeitos, a Delegacia de Homicídios espera reduzir o índice de criminalidade na região de Campinas.