DERFRVA: Operação Sétimo Selo consegue, na Justiça, bloqueio de contas de criminosos no valor de R$ 18 milhões


Os números impressionam: R$ 18 milhões é o valor do bloqueio de contas bancárias; 9 imóveis foram sequestrados judicialmente (tudo com a devida autorização da Justiça); 38 mandados foram cumpridos – sendo 13 de prisão e 25 de busca e apreensão (a maioria em condomínios de luxo da Capital); e 30 veículos de luxo, apreendidos.

É este o principal balanço da OPERAÇÃO SÉTIMO SELO, deflagrada na última terça-feira (09) pela DELEGACIA ESTADUAL DE REPRESSÃO A FURTOS E ROUBOS DE VEÍCULOS AUTOMOTORES. O objetivo foi cumprido: desarticular organização criminosa responsável pela receptação de veículos roubados e furtados, adulteração de sinais identificadores de veículos automotores e financiamento/custeio para o tráfico de drogas.

Durante as investigações, a DERFRVA, que tem como titular o DELEGADO GUSTAVO RIGO, apurou a existência de um esquema sofisticado de lavagem de dinheiro, com a utilização de empresas e pessoas interpostas, os chamados “laranjas”. Alguns veículos do grupo eram repassados a outros criminosos, principalmente ligados ao tráfico de drogas. A Polícia Civil também apurou que um dos carros vinculados ao grupo foi apreendido com um arsenal de armas de grosso calibre, em agosto do ano passado, no Distrito Federal.

Um envolvido no esquema ainda está foragido. GUSTAVO RIGO também destacou que os veículos eram utilizados em diversos crimes. “Um deles seria usado no resgate de um detento. Outro foi apreendido em poder do grupo envolvido na tentativa de latrocínio do juiz Átila Naves Amaral”, disse. 

“É uma operação importantíssima porque o ‘estrangulamento’ financeiro impede que possíveis outros envolvidos continuem agindo. Trata-se de um duro golpe contra o crime”, avaliou o DELEGADO-GERAL DA POLÍCIA CIVIL, ODAIR JOSÉ SOARES.

A investigação foi desenvolvida pelos policiais civis Bruno Naciff, Marcelo Mariani, Leandro Ribeiro e pelo titular daquela Especializada. A operação contou com o apoio da DENARC, DEIC, DIH, GT3, GOI – LAB e dos peritos da Polícia Técnico-Científica.

Adulteração
Também foram apreendidos 10 câmbios de veículos, sendo oito de automóveis roubados/furtados; três motores de caminhões – dois deles adulterados e um pertencente a um veículo roubado, e ainda dois blocos de motores adulterados.

Confira a lista dos presos na OPERAÇÃO SÉTIMO SELO: Luis Cesar Martins de Souza, Luis Eduardo Martins de Souza, Synara Regina Aquino Coelho Martins, Kenia Inacia dos Santos Martins, Ricardo José Rossetto, Eroilson Alves da Silva, Lara Divina Mendes Gaudie Ley, Ledys Aquino Coelho, Lindemberg Hudson de Souza, Wanderson Arantes Salgado, Cascinho Nunes dos Santos, Carlos Henrique Alves Souza e Gleidison Braz de Almeida.