DERFRVA – DELEGADO GUSTAVO RIGO divulga resultado final da OPERAÇÃO SÉTIMO SELO

A ação teve como objetivo desarticular organização criminosa responsável pela receptação de veículos roubados/furtados, pela adulteração de sinais identificadores de veículos automotores e pelo financiamento/custeio para o tráfico de drogas


A DELEGACIA ESTADUAL DE REPRESSÃO A FURTOS E ROUBOS DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (DERFRVA), que tem como titular o DELEGADO GUSTAVO RIGO, apresentará à imprensa, nesta segunda-feira (27), às 11 horas, o resultado da OPERAÇÃO SÉTIMO SELO. O DELEGADO-GERAL DA POLÍCIA CIVIL, ODAIR SOARES, participará da coletiva na sede desta Especializada: Avenida Atílio Corrêa Lima, s/nº, Cidade Jardim.

A ação teve como objetivo desarticular organização criminosa responsável pela receptação de veículos roubados/furtados, pela adulteração de sinais identificadores de veículos automotores e pelo financiamento/custeio para o tráfico de drogas.

Durante a OPERAÇÃO SÉTIMO SELO, foram cumpridos 18 mandados de prisão; 25 mandados de busca e apreensão, bem como realizado o sequestro de 51 imóveis e valores bancários avaliados em mais de 40 milhões de reais. Também foram apreendidos 30 veículos de luxo, 10 câmbios de veículos (nove de automóveis roubados/furtados), três motores de caminhões (dois deles adulterados e um pertencente a um veículo roubado) e dois blocos de motores adulterados.

Apurou-se também um esquema sofisticado de lavagem de dinheiro com a utilização de empresas e pessoas interpostas (“laranjas”). Alguns veículos do grupo eram passados a outros grupos criminosos, principalmente os ligados ao tráfico de drogas. Essa organização criminosa era constituída por dois núcleos de chefia distintos. O primeiro era liderado pelos irmãos “Bola”: Luís César Martins de Souza e Luís Eduardo Martins de Souza. Esses indivíduos eram tidos como “intocáveis” e mantinham um aparato empresarial para legitimar várias ações criminosas.

O segundo núcleo era chefiado pelos sócios da sociedade empresarial Maranata Veículos, Lindemberg Hudson de Souza e Ulemberg Nunes de Lima. Com essa ação a Polícia Civil desarticula uma das maiores organizações criminosas da região da “ROBAUTO”. A investigação contou com o apoio da POLÍCIA TÉCNICO-CIENTÍFICA.