DERCAP: Operação Passare Avanti investiga falsificação de títulos em concursos públicos

Investigação é presidida pelo DELEGADO ALEXANDRE OTAVIANO NOGUEIRA


Foi a DELEGACIA ESTADUAL DE REPRESSÃO A CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (DERCAP) a responsável por deflagrar, na última quarta-feira (17), a OPERAÇÃO PASSARE AVANTI. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão decorrentes de uma investigação presidida pelo DELEGADO ALEXANDRE OTAVIANO NOGUEIRA, que apura a falsificação de títulos para aumentar a pontuação de candidatos em concurso realizado no Distrito Federal.

Os referidos mandados foram cumpridos em Goiânia, na residência de um policial militar de Goiás e da sua companheira, e também no estabelecimento de ensino pertencente ao casal. O inquérito policial apura a prática de crimes de falsidade ideológica, uso de documento falso e associação criminosa relacionada à confecção de declarações e certificados de conclusão de cursos de pós-graduação apresentados por candidatos à comissão do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal – CFO2016/PMDF.

Segundo o DELEGADO, os candidatos obtinham a documentação a fim de pontuar na prova de títulos – uma das etapas do concurso – e atingir melhor classificação no certame. Durante as buscas, foram apreendidos aparelho de telefone celular, computadores, carimbos e documentos relacionados à investigação.

A DECARP tem como titular o DELEGADO WEBERT LEONARDO.