DELEGACIA DE JARAGUÁ – Apreendidas 5 toneladas de itens de vestuário falsificado

Toda a mercadoria falsificada estava escondida em no fundo de uma residência localizada no Setor Jardim Atlântico. Dentre as marcas falsificadas havia Ellus, Colcci, Calvin Klein, Polo, Hollister, Pitbull, Aramis, Morena Rosa, Tommy Hilfiger, Dudalina, Lança Perfume e Patogê


Foram meses de investigações até que equipes da DELEGACIA DE POLÍCIA DE JARAGUÁ, que tem à frente do DELEGADO GLÊNIO RICARDO COSTA, conseguiram, enfim, apreender aproximadamente cinco toneladas de etiquetas, botões e rebites falsificados naquela cidade, distante 145 quilômetros da Capital. A apreensão ocorreu na última terça-feira (7).

Toda a mercadoria falsificada estava escondida em no fundo de uma residência localizada no Setor Jardim Atlântico. Dentre as marcas falsificadas havia Ellus, Colcci, Calvin Klein, Polo, Hollister, Pitbull, Aramis, Morena Rosa, Tommy Hilfiger, Dudalina, Lança Perfume e Patogê. No local foram encontradas caixas de plástico com o nome de “Marinaldo”.

Na sequência, os policiais civis foram até a casa de Marinaldo Antônio de Oliveira e lhe deram voz de prisão. Durante as investigações, descobriu-se que a proprietária da residência é parente da esposa dele. Ainda durante o serviço policial, um de seus filhos foi ao local e indagou a um dos agentes quem teria denunciado o seu pai. Diante de todas as evidências, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante em desfavor de Marinaldo, que já encontra-se no presídio à disposição do Poder Judiciário.

Vale destacar que ele tem passagem policial por crime referente à propriedade industrial (ano 2014) e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido (ano 2017).