14 envolvidos com tráfico de drogas são presos durante Operação “Omnia Possum”


operacao-itaberaiUm total de 14 pessoas foram presas pela prática dos crimes de Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico (Artigos 33 e 35 da Lei de Drogas) em Itaberaí, no Centro Goiano. As ações fazem parte da Operação Omnia Possum, que visou à repressão do comércio ilegal de entorpecentes no município, deflagrada na manhã desta quinta-feira, 20.

Foram cumpridos 13 mandados de prisão preventiva. As penas para aqueles que incorrem nos delitos de Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico são de cinco a 15 anos de reclusão e três a 10 anos de reclusão, respectivamente.

Também foram executados 15 mandados de busca e apreensão domiciliar, resultando na lavratura de três Autos de Prisão em Flagrante: um por posse irregular de munição de arma de fogo; dois por tráfico de drogas.

Um outro autuado por tráfico de drogas, Pablo Soares da Silva Morais, não era investigado e surgiu durante o cumprimento do mandado de busca. Também foram lavrados três Termos Circunstanciados de Ocorrência pelo crime de Posse de Droga para Uso (Artigo 28 da Lei de Drogas).

Resultado de sete meses de investigações capitaneadas pelo Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Goiás, a execução da Omnia Possum demandou diligências em outras cidades da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRP), a qual compreende grande parte do Noroeste Goiano, como Mozarlândia e Itapuranga, além da própria Itaberaí. Também foram executadas ações em Goianira e Goiânia.

A ação desencadeada pelo Genarc teve a colaboração de outras unidades policiais da 4ª DRPC, Policia Militar/4ªCRPM, Denarc e outras unidades policiais de Goiás.

De acordo com o delegado titular da 4ª DRPC, Ivaldo Mendonça, que coordenou a Operação, o nome desta (“Posso Tudo” no idioma latino) se deve ao fato de uma das características dos alvos das diligências ser a ausência de receio de serem responsabilizados por suas ações. Segue abaixo a lista de 13 dos 14 indivíduos presos como resultado da Omnia Possum:

– Eliete Campos Caetano
– William Campos Pereira (“Secão”)
– Max Millia de Assis
– Edimar Fernando Aparecido Dias (“Tita”)
– Guilherme Bento de Oliveira
– Maycon Douglas Silva Almeida (“Cupim”)
– Diogo Roberto da Silva Freitas (”Pezão”)
– Evaldo Alexandre Leite Borges
– Luiz Carlos da Cruz Romano
– Gabriel Augusto Vieira
– Marcos Vinicius Campos Podroza
– Antônio Lima dos Santos (“Maranhão”)
– Paulo Henrique Mendes de Aguiar

Fonte: Site da Polícia Civil do Estado de Goiás