Notícias

Caso DJ Quirino: filha menor é suspeita de encomendar a morte do pai

A Delegacia de Homicídios concluiu que a adolescente de 16 anos foi a mandante da morte do próprio pai, Elpídio Quirino dos Santos, conhecido como ‘DJ Quirino’, em novembro do ano passado. A vítima levou três tiros de arma de fogo em frente à casa de sua mãe, na Vila Boa Sorte, em Goiânia.

A adolescente estava com o pai no momento em que o namorado dela, um adolescente de 15 anos chegou e efetuou os disparos. O Juizado da Infância e Juventude decretou a internação provisória da adolescente e do namorado. O delegado responsável pelo caso, Marco Aurélio Euzébio, informou que o casal foi apreendido em Caldas Novas.

Um jovem de 25 anos suspeito de participar do crime está detido. Franklin de Paula Vieira, de 25 anos (na foto), foi preso temporariamente na última quinta-feira (25). De acordo com a investigação, ele dirigia o veículo utilizado para cometer o homicídio.

A filha de Quirino admitiu ter tramado a morte do pai e justificou que fez isso porque era ameaçada e agredida fisicamente pelo pai. Um terceiro menor é suspeito de ter envolvimento no crime, mas sua internação não foi determinada pelo Poder Judiciário.

sind_casodjquirino

Botão Voltar ao topo